Blog Post

Home > Blog Post
Domine Sitelinks para SEO: Eleve Sua Visibilidade!
Publicado: 4/12/2023 - 14h49

Domine Sitelinks para SEO: Eleve Sua Visibilidade!

Descubra como sitelinks podem transformar sua visibilidade online. Aprenda dicas exclusivas para otimizar seu site e ganhar destaque no Google!

Leonardo Pederzoli
Leonardo Pederzoli
Fundador
contato@seo.emp.br


A realidade é apenas uma ilusão criada pela minha mente brilhante.

    Explorando os Atalhos do Google: O Universo dos Sitelinks

    Imagine só, você tá lá, buscando uma marca no Google, e de repente, aparece um monte de links extras bem debaixo do site principal.

    Isso mesmo, tô falando dos sitelinks, aquele plus que facilita nossa vida e leva a gente direto pro que a gente quer no site.

    Eles são como atalhos mesmo, que aparecem principalmente quando a gente busca por uma marca ou algo bem específico.

    A ideia é que a gente não precise ficar zanzando pela página inicial procurando algo. No desktop eles são um show à parte, podendo aparecer em duas linhas cheias de opções. Já no celular, por causa do espaço, eles são mais tímidos.

    Mas ó, é o Google que escolhe a dedo quais páginas vão brilhar ali como sitelinks, e não tem botão de desfazer, tá? Mudou, mudou.

    Quer saber mais? Então se liga: essa parada toda não é só pra enfeitar não, é sinal de que o Google tá dando um joinha pro site. Isso porque os sitelinks podem dar aquele empurrãozinho nas taxas de clique e fazer o site bombar mais ainda.

    E aí, quem ganha é você, encontrando mais rápido o que precisa.

    Mas olha, não é qualquer um que ganha esse privilégio não. O Google é tipo um barman que sabe exatamente o que você quer sem você nem pedir.

    Ele usa uma receitinha secreta de algoritmos pra decidir que links vão ser os escolhidos. E, uma vez que eles estão lá, pode apostar que o Google confia no conteúdo daquele site.

    Por que Sitelinks são um Show à Parte?

    Quando você vê sitelinks na sua busca, pode ter certeza que tá rolando uma festa no tráfego do site. Por quê? Simples: eles são tipo um imã pra cliques, o que significa mais gente visitando o site.

    E não é só isso, eles também são um selo de qualidade, porque se o Google colocou ali, é porque o site é de confiança.

    Sabe o que mais? Sitelinks são tipo uma placa de “Você está aqui” num mapa. Eles ajudam a gente a se localizar e encontrar o caminho certo, sem dar voltas. Isso aumenta não só a confiança, mas também a credibilidade do site.

    E mais: pode ser o empurrãozinho que faltava pra alguém tomar uma atitude, tipo comprar algo ou se inscrever. Isso sem falar que eles ajudam a marcar a marca na cabeça das pessoas, sabe?

    Então bora lá, o que esses sitelinks trazem de bom? Olha só: eles melhoram a taxa de cliques, puxam mais tráfego pro site, mostram que o Google confia no conteúdo, incentivam a galera a fazer ações diretas e ainda fortalecem a imagem da marca.

    É ou não é um pacotão de vantagens?

    Então, pra resumir: ter sitelinks é tipo ter um camarote VIP no show do Google. É lugar de destaque que só os tops conseguem. E se o seu site conseguiu, pode comemorar, porque tá todo mundo vendo que ele é relevante e importante.

    Sitelinks: Como Entrar nessa Lista VIP?

    Se liga na curiosidade: o que faz um site ter sitelinks e outro não? É que o Google tem que achar que um termo de busca tem tudo a ver com uma marca.

    Tipo, se você busca “Pizzaria em Curitiba”, ele tem que entender que você tá querendo saber de uma empresa que oferece o produto pizza e que ainda esta localizada em Curitiba, e não de outra cidade qualquer ou estado.

    Agora, você deve tá se perguntando: “Tá, mas como que o Google escolhe esses links?” Bom, é tudo no automático, e depende de como o site é montado.

    Não tem um botão mágico pra fazer aparecer sitelinks, mas algumas coisas podem dar uma força: a relevância da página pra busca, a estrutura organizada do site, as páginas populares que a galera visita bastante, o histórico de cliques (se o pessoal clica muito numa página, o Google capta que ela é útil) e até os links que vêm de outros sites, porque se muita gente tá apontando pra lá, deve ser por um bom motivo.

    E tem mais, viu? A popularidade das páginas conta muito também. Se todo mundo tá visitando, o Google pega essa deixa e pode colocar como sitelink. E o histórico de cliques também entra na dança: se uma página é tipo o hit do verão nos resultados de busca, ela tem mais chance de ser escolhida.

    Pra fechar, os links externos também entram na jogada. Se um monte de outros sites tá linkando pra uma página, é tipo ela ter um monte de fã clube. O Google vê isso e pensa: “Poxa, essa página deve ser importante mesmo”. E aí, as chances de virar sitelink aumentam.

    Dá pra Mudar a Lista de Sitelinks?

    Antigamente, os donos dos sites podiam dar uma de DJ e mexer nos sitelinks do Google Search Console. Mas isso já era!

    O Google deu uma atualizada nos seus algoritmos e decidiu que ele mesmo é que sabe o que é melhor pra gente. Então, se um sitelink não tá te agradando, não dá mais pra simplesmente tirar ele da jogada.

    Mas ó, se uma página tá bloqueada no Robots.txt ou se ela tá com aquela tag noindex, existe uma chancezinha dela não aparecer nos sitelinks.

    Não é certeza, mas é uma possibilidade. Então, se tem alguma coisa ali que você não quer que apareça, pode ser que esse seja um caminho.

    Resumindo, sitelinks são detalhes que fazem toda a diferença no Google. Eles são como um tapete vermelho que leva os usuários direto pro que é bom. E mesmo que a gente não possa escolher ou tirar os links que aparecem ali, uma coisa é certa: se o site tá recebendo esse destaque, é porque tá fazendo as coisas direitinho. Então, bora continuar caprichando no conteúdo e na estrutura, porque quem sabe um dia o Google não dá aquele match com o seu site e te coloca nesse hall da fama dos resultados de busca?

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *