Blog Post

Home > Blog Post
Anunciantes do Google estratégias vs publicidade
Publicado: 8/12/2023 - 14h27

Anunciantes do Google estratégias vs publicidade

Uma decisão recente do Google pegou muita gente de surpresa: a possibilidade de anunciantes optarem por excluir a Rede de Pesquisa de suas campanhas publicitárias.

Leonardo Pederzoli
Leonardo Pederzoli
Fundador
contato@seo.emp.br


    Essa mudança foi motivada por um relatório da Adalytics, que alegou que os anúncios de pesquisa do Google apareceram em sites não-Google inadequados, representando riscos potenciais para a segurança das marcas.

    Os sites citados no estudo continham conteúdo pornográfico, sancionado e pirateado, o que gerou preocupações em relação à segurança das marcas que veiculavam anúncios nesses locais.

    O Google, apesar de contestar as alegações, reconheceu a necessidade de melhorias e satisfação do cliente, o que resultou na introdução da opção de excluir os parceiros de pesquisa de todos os tipos de campanhas.

    Por que Isso é Importante?

    Aparecer ao lado de conteúdo inadequado pode prejudicar a reputação de uma marca. Além disso, o público que consome esse tipo de conteúdo provavelmente não é o público-alvo da marca, o que resulta em um uso ineficiente do orçamento, tempo e recursos publicitários.

    Os anunciantes agora têm a capacidade de excluir temporariamente todos os tipos de campanhas, incluindo Performance Max e campanhas de aplicativos, dos sites parceiros de pesquisa. Os compradores de mídia supostamente têm até 1º de março de 2024 para optar por campanhas PMax.

    O relatório da Adalytics alegou que uma empresa da Fortune 500 ficou surpresa ao descobrir que seus anúncios estavam sendo veiculados em “muitos” sites não-Google, incluindo o Breitbart.com, apesar de ter incluído especificamente esse site em sua lista de exclusão de domínio no nível da conta vários anos antes.

    Dan Taylor, Vice-Presidente de Anúncios Globais do Google, negou as alegações do relatório, chamando-as de “exageradas” na semana passada.

    Posicionamento do Google

    Um porta-voz do Google disse à Adweek que a prioridade da empresa são seus parceiros, e que estão oferecendo temporariamente uma nova opção de exclusão em resposta ao feedback recebido.

    O Google também destacou que o relatório da Adalytics fez alegações exageradas, e que estão sempre em busca de melhorias para atender às necessidades de seus parceiros.

    O Search Engine Land entrou em contato com o Google para obter mais comentários, e irá atualizar a história se receber uma resposta.

    Em resumo, a decisão do Google de permitir que anunciantes optem por excluir a Rede de Pesquisa de suas campanhas reflete a preocupação da empresa com a segurança das marcas e a satisfação do cliente, ao mesmo tempo em que oferece aos anunciantes mais controle sobre onde seus anúncios serão veiculados.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *